Bloggers e Youtubers e a nova geração de negócios familiares.

  • Camila Coelho e Ícaro Brenner

Se você acompanha algumas das maiores influenciadoras digitais já percebeu que os maridos são além de lembrados, os principais parceiros comerciais dessas mulheres empreendedoras.

No ano passado comecei a estudar as novas mídias sociais e as formas de negócio que estão nascendo com todo esse movimento. Passei a seguir as blogueiras e saber mais da vida delas.

Me chamou a atenção como os maridos entraram em cena.

Na maioria dos casos, largaram empregos e dedicaram-se exclusivamente ao negócio cujo a esposa é a estrela.

E não é difícil encontrar exemplos. Camila Coelho, a youtuber com mais de 2 milhões de seguidores, passou dos vídeos caseiros sobre maquiagem para propaganda de TV e participação nos principais eventos de moda do mundo. E hoje é a influenciadora que mais fatura.

Camila ainda levou o marido para o seu meio de trabalho. Ícaro vendeu a empresa de limpeza comercial que tinha nos Estados Unidos e tem se dedicado exclusivamente a ajudá-la na parte comercial. Uma combinação perfeita e que tem dado muito certo.

Camila Coelho e Ícaro Brenner

Ícaro Brenner e Camila Coelho
Foto: site Super Vaidosa

Nati Vozza, blogueira de moda já contou no blog que é péssima com a parte financeira e o marido Antônio é quem cuida de tudo. Ele também deixou o emprego em um banco para cuidar do negócio que passou de blog para loja física. Até a mãe da it-girl trabalha na parte comercial da empresa.

Antônio-Junqueira-e-Nati-Vozza

Antônio Junqueira e Nati Vozza
Foto: Site Circolare

Lu Ferreira e Leo Horta, são casados, tem uma filha e são os rostos dos vídeos do canal Chata de Galocha. Leo é o responsável pela parte técnica, fotografias e vídeos. E tem um espaço no blog da esposa. O casal até fez um vídeo no Youtube falando sobre essa relação de trabalho.

Lu Ferreira e Leo Horta

Lu Ferreira e Leo Horta
Foto: site Chata de Galocha

Até poderíamos debater sobre carreira e casamento porque certamente há problemas como em qualquer relação de trabalho.

Mas seguindo essas empreendedoras digitais percebo que existe um contrato bem firmado de parceria. E quem melhor para ser o braço direito do que aquele em que você mais confia?!

Achei essa organização “familiar” fantástica. São casais jovens, começando a vida juntos, olhando pro futuro, cheios de propósitos e trabalhando bastante.

Comentários