Lifestyle sustentável – A vida com menos plástico!

  • Lifestyle sustentável

Quantas vezes compramos alguma coisa já sabendo que a vida útil dela vai ser curta.

A mais próxima provavelmente seja o celular. Você paga um dinheirão com consciência que em breve a tela vai quebrar, que a bateria vai viciar, a memória exceder ou que virá um modelo ultra-super-mega-sônico e o seu não vai nem atualizar os aplicativos. Não adianta, se for uma pessoa ligada em tecnologia, a mão vai coçar e passar o cartão de crédito.

Outro exemplo do nosso desperdício de dinheiro, é a geladeira que antigamente durava a vida toda. Ou pior, passava gerações na mesma família. Isso só mudou com a função da economia de energia que os novos modelos prometem. Mas vieram motores que em quatro ou cinco anos precisam ser trocados, ou em alguns casos, o aparelho inteiro.

E os móveis?!

O meu sofá rasgou todinho e só tinha 3 anos. Foi justamente quando saiu da garantia. O senhor que veio fazer a reforma me disse que é assim mesmo. Que o material não dura. Dá pra acreditar?

Que fique claro, não sou contra o mercado, nem aos processos de compra e venda. Longe de mim.

Tem coisas que vamos comprar e recomprar a vida toda. Tem outras que podemos substituir por produtos duráveis e de quebra ajudar o planeta.

Com pequenas atitudes podemos ter um consumo mais consciente.

E é por isso que preparei uma série de reportagens (mania de chamar os textos de reportagem como na TV) sobre lifestyle sustentável.

Só o nome é complicado, significa estilo de vida sustentável. Na prática as coisas são bem simples e sem perceber você estará praticando economia doméstica, cuidando da saúde e do meio ambiente.

Até porque se tudo anda “descartável” esse lixo todo vai pro meio ambiente gerando na maioria das vezes uma série de problemas. E é do próprio meio ambiente que se extrai matéria prima para a fabricação de novos produtos.

Viu como o processo de produção tá meio maluquinho?

Precisamos extrair matéria prima, concordo. Mas tá demais!

As coisas podem começar a mudar aos poucos, olha só:

Acho que muita gente vai se identificar com o problema da gaveta da cozinha entupida de potes de plástico, né?!

Aqui em casa não é diferente.

Uma hora o pote quebra, na outra perde a tampa, por vezes mancha ou deforma.

E aí temos dois problemas:

  • O descarte e compra de novos potes gerando aquele monte de lixo.
  • A saúde de quem usa os potes de plástico, afinal são produzidos com componentes químicos e apesar de alguns informarem que são livres de BPA, há estudos bem confiáveis questionando até a ligação entre o plástico e a infertilidade masculina. Vai saber, né?!

Tenho investido em recipientes de vidro e aproveitado ao máximo os de produtos que compro, como de geleias, conservas e óleo de coco.

Nesse picnic dá pra ter uma ideia de como trocar o plástico pelo vidro. Tem bolo no pote (de vidro), suco refrescante na garrafa de polpa de tomate e morangos que ficaram bem armazenados nessa tigela com tampa que comprei no supermercado por 5 reais. Tudo bem prático, sem precisar de pratos, pra comer só com o garfo mesmo. Ah, usei copos de vidro pra tomar o suco.

picnic sustentável

Picnic sustentável com bolo no pote, suco, frutas e sanduíches.

Lifestyle sustentável

Não sou tããão cri-cri com tudo, teve plástico também, essa bandeja de apoio da melancia.

Claro que quando há muita gente, você pode optar por utensílios de plástico.

O importante aqui, é perceber que dá pra usar vidro em muitas coisas.

As marmitinhas da semana são todas armazenadas nos potes de vidro.

Marmitas da semana! As porções iguais porque o marido também leva pro trabalho. E digo mais, as saladas duram muito!

Marmitas da semana em dobro já que o marido também leva pro trabalho. OBS: as saladas duram bem mais nos recipientes de vidro.

Aquele cházinho gelado emagrecedor agora está na caneca de vidro. Presente que ganhei da cunhada e amei. É um pouco pesado pra carregar, mas se você é daquelas que não dispensa essa delícia durante o dia, deixa guardadinho no trabalho. Tenho certeza que vai virar até moda por lá 😉

caneca de vidro

E não esquece, se você investir num produto com durabilidade, não vai precisar gerar tanto lixo.

Espero que tenha gostado. Em breve tem mais!

Comentários