8 lugares incríveis no centro, zona norte e oeste do Riiiiio

  • ilha da Gigóia

Dá pra fugir dos passeios “comuns” no Rio de Janeiro e fazer muito coisa legal.

No post anterior dei umas dicas na famosa zona sul do Riiiio.

Confere aqui: http://www.camilam.com.br/?p=1940

Agora quero dividir 8 lugares incríveis no centro, zona norte e oeste do Rio de Janeiro.

Continuamos nosso passeio pelo centro:

1 Se tem um lugar que eu adoro no Rio é a confeitaria Colombo, é tanta história e beleza num só lugar que não dá vontade de sair. Vai lá fazer um lanche ou comer um doce. Você tem a sensação de voltar no tempo. É incrível.

Diego tava de bermuda e até comentou: “Parece um insulto eu não vir bem vestido aqui”.

É por respeito ao local, gente. Porque no Rio todo mundo anda bem a vontade mesmo. Sem neura! Havaianas lá, todo mundo usa de verdade.

Confeitaria ColomboConfeitaria Colombo

Confeitaria Colombo Confeitaria Colombo

2 No centro também está a famosa Lapa. A dica é tomar cuidado, sair com o necessário e não ficar dando bobeira.

A noite é bem animada. Sugiro o Rio Scenarium, lugar bacana que geralmente tem show bem legal. Eu vi o show do Paulinho Mocidade, foi mega divertido.

Rio Scenarium Rio Scenarium

Passadinha pela zona norte do Rio de Janeiro:

3 – Se for época de ensaio das escolas de samba você tá grande, porque no Andaraí tá o Salgueiro. Lugar climatizado, super organizado e que é bem acessível pra visitação. Vale a pena sambar com a galera na quadra da escola.

Salgueiro

Zona oeste do Rio de Janeiro:

4 – Voltando pra orla a gente faz uma viagem pela zona oeste até a Barra da Tijuca e Jacarepaguá.

Na praia da Barra você encontra sossego. O movimento de turistas é menor e geralmente os frequentadores são moradores. Foi ali que fiz o melhor mar da vida no Rio. Sério, água quente e beeeem calminha. Pra mim um sonho porque tenho medo de onda! Haha

Mas acho que nunca mais encontro o mar assim no Rio.

Praia da Barra

5 – Se seguir até a praia da Reserva, tem um bar fantástico, o Cavalo Marinho. Os primos do Rio nos apresentaram o lugar. Lá eu conheci o bolinho de feijoada e gamei. Até fizemos a receita em casa.

praia da Reservapraia da Reserva

bolinho de feijoada

6 – Seguindo pela Avenida Lúcio Costa, tá a pedra da praia da Macumba, local lindo e com muitos surfistas locais. Vale a pena dar uma passadinha e conhecer se estiver por ali.

praia da Macumba

7 – E aqui vai uma dica de ouro! Tem um passeio que dificilmente é feito por turistas, que é na Ilha da Gigóia. Um cantinho agradável e bem escondido.

É um lugar pequeno, pacato, onde não passam carros, só barquinhos. A travessia custa em torno de 5 reais.

Almoçamos na primeira ilha, no bar do Cícero, comida boa e com valor acessível. Mas eu sei que tem um local mais requintado especializado em frutos do mar, o Laguna. São poucas pousadas, mas se você está procurando sossego no Rio de Janeiro, esse lugar é perfeito.

ilha da Gigóia

Ilha da Gigóia

Essa era nossa vista do bar. Uma delícia, né?!

Curtindo a travessia!

Curtindo a travessia!

8 – Outro paraíso escondido é a praia da Joatinga, no bairro de Joá entre São Conrado e a Barra. Uma praia bem pequena, quando a maré sobe encobre toda a faixa de areia.

Essa praia fica dentro de um condomínio chiquetérrimo. Mas o acesso é livre. Você precisa é descer uma escada na pedra pra chegar. Eu sei que tem uma trilha independente, mas nunca fui por ela.

É point de gente jovem, bonita e geralmente famosa. É uma praia bem exclusiva. Não tem estrutura, então leve a marmitinha 😉

Só evite no fim de semana porque enche e você não vai conseguir estender a canga nos disputados 300 metros de areia.

joatinga-rio-de-janeiro

Tem tanta coisa boa no Rio de Janeiro. Eu lembro de todos esses lugares e tenho vontade de voltar correndo!!!!!

Aproveite o Rio e depois me conte tudo.

 

 

 

 

 

Comentários